Notícias

“Renovação de frotas é uma exigência dos clientes”, diz ABLA

“Renovação de frotas é uma exigência dos clientes”, diz ABLA

por MARKETING

Para trabalhar com aluguel de carros, ter modelos novos na frota é uma necessidade das locadoras (e não uma “escolha”), por causa da exigência dos próprios clientes em locar carros novos. A ABLA, que representa nacionalmente o setor, tem estabelecido parcerias comerciais para auxiliar as locadoras a gerarem o capital necessário para essa renovação de suas frotas.

Seja com 12, 15, 18 ou 20 meses, o momento de desmobilizar os ativos sempre chega, na medida em que “colecionar” veículos não faz parte da atividade. A prática demonstra que os automóveis e comerciais leves permanecem na frota das locadoras, em média, por mais de 15 meses. E, para o final de 2020, a idade média tende a subir para 18 a 20 meses, em função da quarentena provocada pela pandemia de Covid-19.

A mais recente iniciativa para favorecer a desmobilização de seminovos veio agora, em agosto, com a parceria entre ABLA e iCarros. “O resultado gerou economia para as associadas da ABLA, já que a parceria garantiu 30 dias gratuitos para quem é sócio anunciar no iCarros”, explicou Ricardo Bonzo Filho, CEO da iCarros, em recente reunião remota com associados.

Ricardo acrescenta que há planos com até 20 anúncios, que geram mais leads para a locadora, com a possibilidade de evidenciar os anúncios dentro da lista de ofertas. “Nenhuma locadora pode reter um veículo, por exemplo, por três anos ou mais, porque que isso significaria uma grande desvalorização do ativo”, complementa Paulo Miguel Junior, presidente da ABLA.

Vale lembrar que já existe o Convênio ICMS 64/06 do Confaz, que estabelece regras para vendas de veículos realizadas por locadoras e outros frotistas. O Confaz determina o mínimo de 12 meses de uso para a desmobilização do ativo.

Sobre detalhes a respeito da possibilidade de usar gratuitamente o iCarros por 30 dias, as locadoras associadas já podem verificar no portal do associado os meios de contato com a plataforma. (24/08/20)