Notícias

Controle dos processos é peça importante no setor de locação

Controle dos processos é peça importante no setor de locação

por ABLA NOTICIAS

Diante de um cenário de instabilidades, mecanismos para o estabelecimento de estratégias que posicionem as empresas de forma competitiva estão ganhando importância.

Conforme Jaqueline Denadai, integrante da comissão ABLA Jovem, com o surgimento de novas teorias adaptadas às recentes transformações no mundo empresarial fazem com que cada empresário ou empresária tenha de avaliar em que nível essas novas propostas contribuem, podem e devem ser aplicadas em sua locadora.

“O desenvolvimento e a evolução de uma locadora estão diretamente relacionados à capacidade organizacional de aprendizado”, avalia Jaqueline. “O foco hoje está na melhoria contínua e superação dos desafios impostos pelos clientes, tanto com relação à qualidade como também pelas exigências legais e ambientais”, alerta ela.

É nesse contexto que muitas companhias começam a adotar com mais ênfase a gestão baseada em processos. “O objetivo é também reduzir riscos e ter maior domínio dos recursos empregados para evitar desperdício e retrabalho”, diz Jaqueline. “Busca-se, ainda, a evolução de desempenho, a previsibilidade dos resultados e a implantação sistemática de inovações e melhorias”.

Como qualquer outra mudança, a implantação da gestão por processos requer uma nova postura cultural: precisa ser implantada de forma gradual e, para isso, é necessário seguir etapas para que seja eficaz e traga resultados.

 

A própria ABLA também já iniciou esse trabalho, exatamente pelo mapeamento geral dos processos da associação, “aos quais estão sendo definidos padrões de maneira clara para demonstrar todo potencial de integração entre as atividades da associação”, conta Célio Fonseca, conselheiro gestor responsável por essa área dentro da Governança Corporativa da ABLA.

 

“Mais tarde, pretendemos definir indicadores de desempenho para avaliação e controle de todo o sistema, de forma a ter monitoramento para a melhoria, crescimento e evolução contínua da ABLA”, acrescenta Fonseca. Trata-se de um desafio de fôlego que a associação está enfrentando “pelo bem dos associados e, consequentemente, de todo o setor”, complementa Célio Fonseca.