Notícias

ABLA inicia em SP divulgação do balanço nacional do setor

ABLA inicia em SP divulgação do balanço nacional do setor

por ABLA NOTICIAS

Durante os próximos meses, a associação fará novos encontros em diversas capitais do País, para mostrar também as estatísticas do setor referentes a cada estado do Brasil. Em São Paulo, já foram divulgadas as estatísticas nacionais do segmento, que fazem parte do Anuário Brasileiro do Setor de Locação de Veículos, em encontro dedicado à imprensa, montadoras, instituições financeiras e parceiros de negócios, no auditório do banco Credit Suisse.

Nacionalmente, o presidente da ABLA, Paulo Miguel Junior, mostrou em São Paulo que o segmento de locação de veículos prosseguiu em expansão, com impacto na aquisição de veículos ao bater seu próprio recorde de emplacamentos. No ano passado, as locadoras compraram 19,04% do total de automóveis e comerciais leves comercializados no país (praticamente uma unidade a cada cinco emplacadas), consolidando o setor como o principal cliente das montadoras.

As locadoras emplacaram 412.753 automóveis e comerciais leves em 2018. A frota total das locadoras ultrapassou os 826 mil veículos, um aumento de 16,5% em relação ao ano anterior. O número de locadoras subiu 15,5%, passando de 11.407, em 2017, para 13.182 ao final de 2018. O faturamento bruto anual do setor de locação de veículos atingiu R$ 15,3 bilhões em 2018, enquanto o faturamento líquido foi de R$ 13,9 bilhões.

O Grupo General Motors ocupou a liderança do ranking dos automóveis e comerciais leves mais emplacados pelas locadoras em 2018, com participação de 23,39%, o que equivale a 96.563 unidades vendidas ao setor de locação. O ranking das maiores montadoras por vendas ao setor de locação em 2018 teve ainda, na sequência, FCA (16,85%), Volkswagen (16,7%), Ford (14,61%) e Renault (14,57%).

Pelo terceiro ano consecutivo, o Censo do setor utilizou dados estatísticos de frota de veículos coletados diretamente pelo SERPRO (Serviço Federal de Processamento de Dados), empresa autorizada pelo DENATRAN (Departamento Nacional de Trânsito). A auditoria dos dados referentes aos números de locadoras, faturamento, impostos, usuários e frota total ficou aos cuidados da Grant Thornton Brasil.