Notícias

ABLA tem novo calendário de cursos para 2016

ABLA tem novo calendário de cursos para 2016

por ABLA

Com apoio dos Diretores Regionais e dos SINDLOCS (nos estados em que o sindicato se faz presente), a ABLA iniciará em maio uma série de cursos de capacitação por todo o País, reunindo profissionais e empresários que atuam no setor de locação de veículos. A inscrição é gratuita para as locadoras associadas (mediante doação de alimentos não perecíveis) e cada curso tem vagas limitadas. (veja programação aqui)

Serão três cursos distintos a percorrer o Brasil, de maio até novembro: Vendas, Infrações de Trânsito e Preço Justo, todos com a dinâmica similar à de um jogo empresarial, simulando fatos reais do cotidiano das empresas de locação. Os instrutores são respectivamente Volney Faustini (Vendas), Marcelo Araújo (Infrações de Trânsito) e Jorge Miguel dos Santos (Preço Justo).

Dessa forma, as atividades de capacitação oferecidas pela ABLA ganham novo impulso nesse ano. Trata-se de ampliar o que já vem sendo feito com sucesso, já que durante o decorrer de 2015 centenas de profissionais que tomaram parte dos cursos de capacitação da ABLA estabeleceram uma nova marca em termos de avaliação positiva desse benefício. A tabulação das pesquisas de satisfação realizadas após cada uma das etapas mostrou que os índices de “ótimo” e “bom” superaram a média de 90% de aprovação.

Conforme o Conselheiro Gestor da ABLA, Carlos Faustino, padrinho da área de capacitação do projeto de Governança Corporativa da associação, esses resultados comprovam que a busca por qualificação profissional é mesmo uma das principais necessidades de todo o locador. “Iniciamos em 2016 uma nova empreitada para capacitar os associados no sentido de terem conhecimentos que ajudem a garantir o crescimento das empresas e do setor como um todo”, avalia ele.

O mercado vem mudando rapidamente e a competitividade aumentando em dimensão ainda maior. “Isso obrigou a ABLA a ampliar a grade de cursos para auxiliar de fato as locadoras a enfrentarem mercados mais concorridos”, acrescenta Faustino. “Novos enfoques foram incorporados, tais como as vendas e as infrações de trânsito, em uma evolução extremamente natural para um setor dinâmico como o da locação de veículos. A tônica que baliza a participação de um número cada vez maior de associados é a de que ficar parado significa perder a vez”, conclui Carlos Faustino.